sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Ela

                Tudo muito simples. Escrever melodias é mais fácil que palavras, é mais intuitivo, mais catártico e às vezes mais verossímil. Conseguir traduzir em melodias o que sente é indescritível, como se o que não coubesse em palavras fosse transbordado em sons. Desses sons que ainda não têm nome(porque nem precisam) eis a primeira parte de uma canção maior, com outras cores que eu escreverei depois(não tenho pressa, Ela está guardada em mim).. Por hora, vale dizer que isso me veio como resposta ao sentimento que me toma quando Ela me vem, como se de cada passo que Ela desse no mundo brotasse uma flor, como se essa melodia fosse tocada cada vez que Ela se faz por perto...



Ela
(Primeiro movimento




video

7 comentários:

  1. Parabens pelo artigo: Vista o meu www.saudedferro.blogspot.com

    ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  2. Como é que cabe tanto talento numa pessoa só?

    ResponderExcluir
  3. acompanhamos seu coração seguindo os passos de sua amada.

    ResponderExcluir
  4. Hilário, sempre um prazer encontra contigo. Ainda ontem, te vi pelo Pouca Vogal, mas quando fui falar conitgo, tu tinha saído.
    Como disse a Tamyle, é talento demais para uma pessoa ó homem! hehehe

    Parabéns! (já vejo um lento retorno, é isso? ou mera ilusão?)

    Um abraço!
    =]

    ResponderExcluir
  5. Também vejo um lento retorno, ou como bem perguntou o Rafael ''é isso? ou mera ilusão?''
    Em todo caso, vir aqui é sempre um prazer. Ler seus escritos é além de maravilhoso, chega a ser inspirador... Seguindo as palavras de meus colegas, é muito talento... Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Como não sei escrever melodias, vou ficar descevrendo sentidos apenas com as palavras ;/
    Dá uma passadinha lá no meu, começando agora.

    ResponderExcluir

Rupturas no silêncio...