quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013






Medo,
fraqueza dos covardes ou
prudência dos vencedores?



O ponto forte de quem vence
é saber os pontos fracos
seus
(da forma mais ambígua possível)
Como se vira
na arte da guerra
imitando a vida
ou a arte do amor
Portando, portanto
uma semelhança por tanto
já anunciada em hinos e poemas
filhos da mesma pena
Destarte (ou desta arte)
semelhanças espelham diferenças
A pena capital às vezes abraça o indulto
ainda que alguns se prendam por vontade




Medo
de (se) perder,
dá força aos que persistem
enfraquece os que desistem











Um comentário:

  1. Tenta este patricia.pires96@hotmail.com
    E já agora adorei o post (:

    ResponderExcluir

Rupturas no silêncio...